Monday, August 26, 2002

Ola´ pacientes leitores deste blog chato, eu acho q ele e meio chato, pois, tem um monte de poemas sem pe nem cabeca, pode ser q vcs achem isso... Queria deixar um abraço para um grande amigo meu, Fabio, leitor assiduo desta merda de blog...



Nossos bons momentos
todos passaram tao frios...
cada sentimento de culpa
transforma-se em lagrima.
Cada suspiro de amor
oh dor, pq vc me culpa???
Nao tenho culpa de vc
nao me querer mais,
nao tenho culpa se vc
nao cuidar de mim...
Vamos!!! esqueça todo o resto.
peque! nao resista ao amor.
qué isso!!! vamos lutar para nos unirmos,
somos tao bons juntos.
Voce me faz tao bem
quero q sinta isso tb
nao me deixe, me ame
me odeie; mas, nao me deixe
apenas no esquecimento...


Pra ninguém em especial...

Ah! antes q eu me esqueça, Fabio, aquela musica do Oasis se chama Panic Gas

Monday, August 19, 2002

a volta de carlao, vou tentar escrever todo dia...

hj vim aqui escrever por causa de meus milhares de leitores, devido a muitas ligacoes resolvi deixar alguns dos pensamentos geniais, junto com minha beleza incrivel, penas q vcs, pobres leitores, nao poderao ver....

Serio mesmo!


O pior eh ser o serviçal
de um fétido e podre telefone.
Ser o escravo mais humilhado,
as noites veem e vao
sem endereço, sem cep,
sem nada que me faça descer
da onda tão turva dos pensamentos
tão graves e indiscretos...
Sem nada que me faça
fazer do ar a atmosfera mais pura
refletida em pensamentos
tão vultuosos que de um amor puro
começa a ser criado um vulto
tão negro quanto a dor do esquecimento:
a dor mais profunda e forte.
Venha neste tom, sem saber,
que as notas musicais formam
arquipelos de desejos
tao secretos quanto
os pensamentos noturnos...
que nos fazem consertas
todos os problemas diarios
eh como ficar hrs e hrs a espera de um toque
do maldito e estraordinario telefone...
(carlos)


Como vcs vao interpretar isso nao importa... sao so teorias criadas em momentos de espera e angustia de um telefonema q nunca chega... mas nao estou triste... so queria escrever algo simblolista, que mostrasse em algumas palavras de raiva um objeto q cada um tem um sentimento qdo ouve o toque deste aparelho ligado por um fio aa parede... FODA_SE
queria dizer tb, se alguem tiver algum comentario mande e-mail carlaoxxxiv@hotmail.com estarah pronto para responder...



Friday, August 09, 2002

depois de um tempao dedico a uma pessoa MUITO especial

Ver teu sorriso noturno,
as luzes me dizem o que fazer.
A flor, as histórias, o mundo...
tudo gira, gira, gira e cai,
cai como um desejo sedento:
querer tocar seus labios,
unir seu corpo ao meu,
sentir seu desjo mais profundo.
É como navegar no mar de sentidos,
agora minha mente embreagada
suspira por ternura e carinho.
Seu olhar, sua voz e você
tudo nao sai sa minha memória:
É como olhar para o ceu e querer
mais que querer tocar
a mais brilhante da estrelas,
a mais queria de todos os homens
e poder chegar ao ceu voando
com o tempo passando, sem perceber,
que a estrela sumirá; mas ter a certeza
que outro astro surgirá
tao perfeito quanto a dor de nao te achar
para poder realizar a imperfeicao
do sentido mais puro da ideia.


A Mulher Da LUA

Sunday, April 28, 2002

VAPS POS FERD LKÇSDJF AJOIJ GJASK G GA ASKG /



NADA A DECLARAR......................................

Friday, April 19, 2002

O que me deixa mais triste eh saber q gostar de vc ou te desejar pode lhe trazer problemas, muitas pessoas no querem juntos, porem, tudo esta contra. Ate o cupido se revolta nao sei porque... vc entrou muito rapido na minha vida, nao pediu licensa, e agora estamos aqui: num beco sem saida onde minha saudade nao me deixa quieto, me trotura, me procura, me deixa tonto. Vc e tao linda.... pq essas coisas de amor sao assim, e o pior, sao sempre assim nao importa!
eu te levo todos os dias comigo bem ali na meus pensamentos: aqueles q nao saem de vc...
ja tentei me afastar pra ver se te esquecia, infelizmente nao deu, foi mais forte q minha vontade.... so me pergunto pq? pq? pq? pq? pq? pq?



Te quero muito, mas espero nao sofrer por vc, pq tenho certeza q vc vai sofrer, mesmo q inderetamente, por mim... pelo simples fato de sermos muito bons para estarmos juntos!

Thursday, April 11, 2002

nao quiz dizer q estiu triste com o curso, pelo contrario, estou gostando, so que essas aulas sao foda.......
Ja faz mo cara q nao escrevo (estava pensando nisso ontem a noite) q nem sei o que escrever. A minha vida vai meio estranha... as vezes parece que nada vai dar certo e q as nuvens sempre cobrem minha cabeca, e o pior, nunca chove! so ficam ali para me escurecer, ou seja, para me tornar rabujento... . to de saco cheio deste dia a dia quero algo para me animar.
Agora sao 2:50 de plena sexta feira... tenho q levantar às 7:30 para assistir aula de saúde coletiva (com a loca da professora) depois uma belíssima aula de historia da Medicina....... ahhhhhhhhhhhhh
quero que tudo vá pra puta que pariu!

Wednesday, April 03, 2002

Pra vc...
Ondados fios de ouro reluzentes,
que, agora da mão bela recolhidos,
agora sobre as rosas estendidos,
fazeis que a sua graça se acrescente,
Olhos, que vos moveis tão docemente,
em mim divinos raios encendidos,
se de cá me levais alma e sentidos,
que fora, se de vós não fora ausente?
Honesto riso, que entre a mor fineza
de perlas e corais nasce e perece,
oh! Quem seus doces ecos já lhe ouvisse!
Se, imaginando só tanta beleza,
de si, em nova glória, a alma se esquece,
que fará quando a vir? Ah! Quem a visse!



Aquela triste e leda madrugada,
cheia toda de mágoa e de piedade,
enquanto houver no mundo saudade
quero que seja sempre celebrada.
Ela só, quando amena e marchetada
saía, dando à terra claridade,
viu apartar-se de uma outra vontade,
que nunca poderá ver-se apartada.
Ela só viu as lágrimas em fio,
que de uns e de outros olhos derivadas,
juntando-se formaram largo rio.
Ela ouviu as palavras magoadas,
que puderam tornar o fogo frio
e dar descanso às almas condenadas
as sombras dos desatres,
os dias chuvosos,
as noites sem fim...
tudo se torna um problema qdo a vida vai mal.
qdo se quer algo impossivel,
qdo NADA da certo,
qdo vc nem se lembra quem eu sou,
qdo a vontadade eh de dormir e nao se consegue,
qdo se tem medo de sair de casa,
tenho medo de olhar nos seus olhos e ver o fim,
o fim do que vc sentiu por mim...
sua beleza tao tonta...
NAO IMPORTA O TEMPO,NAO IMPORTA NADA,
NAO IMPORTA O QUE EU FACA, OU O Q VC DIZ
nao vejo seus olhos a dois anos
nao ouco sua voz, nao sinto seu cheiro
mesmo assim fica tudo na memoria:
o unico bem q tenho de vc, minha memoria,
as vezes falha, as vezes tao rapida,
nao eh uma declaracao de amor
e nem quero vc de volta (mentira)
quero sim, com todas minhas forcas
so que o fim foi tao forte pelos fatos
que por mais forte q eu seja
nunca (o q e mais triste) terei vc de volta
vc nunca vai ler isso, nunca vai sentir minha dor,
nunca vai ver q qto mais quero te esquecer
mais me lembro de vc, de nossa vida,
de tudo q eu fui pra vc...
NUNCA QUIZ TE FAZER MAL, NUNCA...